“Não é só porque sou deficiente visual que sou triste, eu sou muito feliz” – Carlão

Hoje recebemos a visita do guerreiro Carlão, catador de materiais recicláveis do bairro de Pinheiros, aqui em São Paulo.

Ele é deficiente visual, trabalha há 20 anos na rua e tem glaucoma. Mundano pimpou sua carroça e a deixou mais visível à sociedade. Além da arte e do kit pimpador, demos uma buzina nova pra ele, um modo de se proteger no trânsito. Carlão também tem uma plaquinha informando que é deficiente visual, que ganhou do dono de um restaurante.

Apesar da vida cheia de dificuldades, sempre está com um sorriso no rosto:

“Eu tenho que passar o meu melhor pras pessoas, que eu sirva de inspiração pra quem reclama da vida à toa. Não é só porque sou deficiente visual que sou triste, eu sou muito feliz”.

Prometeu que vai voltar para contar com calma suas histórias. Estaremos sempre de braços abertos, Carlão!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *