Ricardo (São Paulo)

Ricaro por SP Invisivel

[por SP Invisível]

“É, né? Muita gente confunde os recicladores como moradores de rua, só porque é um serviço comum e autônomo. Graças a Deus, tenho escolaridade e moro numa pensão por causa desse serviço. Há 16 anos trabalho nisso, comecei menino, com 14. Acho bom pra caramba esse serviço, ajuda a sociedade e o meio ambiente, né? Já até tentei trabalhar com outra coisa, mas reciclagem é o que eu sei fazer.

Meu nome é Ricardo. Nasci em Salto, interior de São Paulo. Já morei até no Rio de Janeiro também, catava latinha na praia. Lá é ostentação, em menos de uma hora você consegue uns 100 conto.

Costumo andar na faixa de carros, me xingam muito por isso. Mas pô, vou andar com a carroça grandona no meio da calçada?
Hoje em dia moro sozinho. Meus pais já faleceram e não quero casar, ainda sou uma criança. Tenho que trabalhar muito, conseguir uma casa, e, se Deus quiser, realizar meu sonho que é morar em São Francisco, na Califórnia. Faz parte sonhar alto, né?

Veja o post do SP Invisível aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *