Seu Aranha


Foto por: Robi Leite

Esse daí é o Aranha, o homem que chegou sorridente que encantou muitos dos voluntários do Pimp My Carroça. Falar dele é bem complicado, pois só acompanhando ele um dia inteiro pra tentar entender que as vezes as pessoas se fazem de alegres, de fortes pra tentar esconder as mágoas aos que os rodeiam. O carroceiro Walfrido já foi usuário de drogas pesadas, hoje ele encontra na profissão de coletor de materiais recicláveis a forma de se ocupar e pensar em sustentar ele e a mulher, Maria Joelma que também estava conosco no evento. Aranha na hora do almoço passou mal e não queria comer, havia bebido muito e pelo atendimento feito anteriormente ao ocorrido o mesmo deveria ir na UPA após o evento conferir sua saúde talvez pelo consumo de álcool, suspeita de diabetes ou até mesmo a má alimentação. Corri atrás do anjo, Gilson, e logo recebemos todo o apoio da UTI móvel que fazia suporte no Pimp. Por fim o Aranha ainda é um homem complicado por beber muito e não se alimentar corretamente o que não é muito diferente de outros que fazem apenas duas refeições (manhã e noite) para não passar mal carregando a carroça. O sonho dele era largar todos os vícios e ficar com a dona Joelma sem ter conflitos por motivo de crack, bebida etc. Finalizo dizendo que hoje tivemos a oportunidade de conhecer esse cara incrível que se preocupou muito comigo e me mandou não andar com pessoas como ele, pois ele pensa que eu pude aprender com o erro dele hoje e que ele não deu exemplo pros filhos. Sua filha mais velha de 28 anos hoje vive em condições bem tristes, pra falar a verdade, por causa das drogas. “Espero que as pessoas passem a olhar o carroceiro com mais sensibilidade e sem preconceito” – Seu Aranha (texto @maria_magdala – voluntária Pimp)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *