Seu Antônio (São Paulo) – “É uma profissão digna como qualquer outra”

IMG_2811

Se eu gosto? Pra quem trabalha há 40 anos com isso tem que gostar não é mesmo?  Já tive outras oportunidades de trabalho, mas gosto disso aqui mesmo. Comecei por opção minha mesmo, achei bonito e fiquei nessa profissão, eu não vejo problema algum em puxar uma carroça. Aqui eu não dependo de ninguém e é digno como todas as outras, só que a diferença é que depende totalmente de você. Com isso já fiz meu pé de meia, já construi, ganhei o que tinha que ganhar, mas continuo porque gosto. Enquanto eu tiver força pra puxar essa carroça vou continuar. Nesse serviço a gente sofre todo o tipo de preconceito, mas se eu for ligar pra isso não vou trabalhar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *